Rory Gilmore Book Project #1 - O diário de Anne Frank

Editora: Record
ISBN: 8501044458

"Fortuna, fama, tudo podes perder, mas a felicidade do coração, ainda que por vezes esteja obscurecida, torna a vir enquanto viveres. Enquanto puderes erguer os olhos para o céu, sem medo, saberás que tens o coração puro, e isto significa felicidade." - Anne Frank.


Nota:  ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Resenha:
Em 12 de junho de 1942, foi a primeira vez em que Anne escreveu no diário que havia ganho de presente de seus pais. Ainda livre, começou a relatar a vida de uma adolescente normal de 13 anos, suas angustias, amores, e seu dia-a-dia.  Mas de uma hora para outra, sua vida tranquila, foi virada de cabeça para baixo, quando foi obrigada a se esconder com sua família para fugir dos nazistas. Durante 2 anos, ela, seu pai, mãe e irmã, e mais 4 pessoas se esconderam em um anexo (uma pequena casa escondida) dentro do escritório onde seu pai trabalhava, onde alguns funcionários conhecidos da família os ajudavam a sobreviver.  
Durante o tempo em que passou no anexo secreto, Anne descreveu seu dia a dia naquele lugar, juntamente com sua família, com quem tinha um relacionamento complicado e turbulento, e com a família que estava se escondendo com eles, os Van Dan. Ela relatava também o medo constante de serem descobertos pelos militares e levados para os campos de concentração. quando fez 15 anos, começou a ter uma grande ligação com o filho da família Van Dan, por quem se apaixonou, e viveu um romance, relatando também em seu diário suas dúvidas e o despertar de sua sexualidade. Anne relatou o pânico de se viver em uma guerra, e mesmo assim seu diário está repleto de mensagens de força e esperança que ela mesma escrevia. Ela relatou tudo até o dia 01 de agosto de 1944. No dia 04 de agosto, a família foi descoberta e levada para os campos de concentração. 


Minhas impressões:
O livro me deixou em um estado de intensa reflexão após termina-lo, por conta da história de vida triste pela qual Anne passou, fiquei pensando na história horas e horas após ter terminado de lê-la. Mas posso garantir que o livro prendeu minha atenção desde o momento em que li a primeira página. Conforme ela ia descrevendo seu dia-a-dia, e contava sobre o que estava pensando, mais eu queria saber sobre como tudo acontecia no anexo. Anne queria ser jornalista e escritora, e se ela tivesse sobrevivido tenho certeza que ela teria sido uma escritora incrível, pois a forma como ela escrevia era cativante. Durante toda a leitura você se sente como uma amiga dela, como se ela estivesse contando os relatos para você (o leitor). 
Foi uma leitura incrível, de muita aprendizagem, que vou levar para a vida toda. Recomendo muito o livro, para qualquer idade!

Para quem se interessar, estarei deixando o link do site do anexo secreto ( que virou um museu) onde se pode fazer um tour pelo local onde Anne se escondeu com a família, e que foi deixado da mesma forma que era na época: AQUI.

Existe um filme de 2009, muito fiel ao livro, com o mesmo nome, que é interessante ser assistido logo depois de ler o livro, pois dá uma maior idéia do local e das condições onde tudo se passou. Deixarei o link do filme completo aqui para quem tiver interesse.

link para assistir ao filme:  O diário de Anne Frank



Espero que todos gostem!
Beijos e até a próxima!








<ahref="http://www.bloglovin.com/blog/12611749/?claim=vhm3yutgz5r">Follow my blog with Bloglovin</a>